Bomba Roda de Água Simples e Eficiente

Cursos Profissionalizantes

bomba-roda-d-agua

Bombas de água são feitas em diversos modelos para atender as mais variadas necessidades e também para que possam ser instaladas em condições diferentes de terreno, entre muitas alternativas como bombas de água elétricas periféricas, bombas de água submersas, bombas de água a energia solar, bombas de água a diesel uma que se destaca pela simplicidade e economia que proporciona é a bomba roda d’água.

A bomba roda d’água é das mais econômicas visto que possui um baixo custo de instalação e ainda a grande vantagem de não necessitar combustível algum, este tipo de bomba de água utiliza a própria força da água para trabalhar, desta forma se equiparando aos modelos de bomba de água a energia solar, com a vantagem de trabalhar normalmente mesmo durante a noite e em dias nublados.

Benefícios da Bomba Roda d’água!

Além de as bombas de roda d’água serem extremamente econômicas por não necessitar combustível são econômicas também pelo fato de não precisar muita manutenção, um dos principais motivos de desgaste das peças em outras bombas é o aquecimento causado pelo motor, bombas roda d’água não sofrem com este problema.

Facilidade na instalação é outro ponto importante para bombas de água, aqui mais uma vez as bomba roda d’água se saem muito bem pois podem ser instaladas de duas formas diferentes, isso dependendo de como é possível fazer o aproveitamento da água do rio mais próximo, as formas de instalar bomba roda d’água são:

Rodas de paletas: caso não seja possível fazer a instalação convencional (roda de queda d’água) poderá fazer uma canaleta com aproximadamente 40 cm de altura, passando por ela a roda d’água. Neste tipo de instalação a rotação da roda dificilmente irá passar de 15 voltas por minuto o que já é suficiente para garantir uma produção média de 2 a 25 mil litros de água bombeada em 24 horas!

curso de pintor banner

Flutuantes: este tipo de instalação é indicada para quando não há possibilidade de fazer alterações no local, tendo que instalar a roda de forma a “flutuar” sobre o rio. Para este tipo de instalação o rio precisa ter uma velocidade mínima de 1 metro por segundo, 3 metros de largura e 80 cm de profundidade, neste sistema a produção da bomba é igual ao sistema anterior.

Artigos Relacionados:

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *